Dezembro 3, 2016

Palestras

Palestra “Dengue, Zika e Chikungunya: dos vírus às epidemias”

01/02 às 9h

A palestra abordou as principais características dos três principais arbovírus de importância médica no Brasil, ressaltando suas diferenças e o contexto das respectivas epidemias.

Flávia Barreto dos Santos, DsC

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro- UNIRIO (1996), Mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Fundação Oswaldo Cruz (2000) e Doutorado em Biologia Celular e Molecular (2003) pela Fundação Oswaldo Cruz, com Sanduíche na Universidade da California, Berkeley (1998-2001). Concluiu o Pós-Doutorado, também na Universidade da Califórnia, Berkeley, EUA em 2007. Atualmente, é Tecnologista Senior em Saúde Pública no Laboratório de Imunologia Viral, que realiza pesquisas em Dengue, Febre Amarela, Dengue, Chikungunya e Zika, na Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, atuando principalmente em estudos sobre os vírus dengue, zika e chikungunya no Brasil.

Palestra “Origem e evolução do HIV-1 a partir de chimpanzés e gorilas africanos”

01/02 às 13h

A palestra tratou de pontos importantes sobre o entendimento da origem e evolução do HIV-1 a partir de primatas não humanos do velho mundo e como o vírus foi capaz de romper a barreira interespécie.

Marcelo Alves Soares, DsC

marceloPossui graduação em Ciências Biológicas - Bacharelado em Genética - pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1990), Mestrado em Biofísica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1993) e Doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000). Atualmente é Pesquisador Titular do Instituto Nacional de Câncer (INCA) do Rio de Janeiro, onde coordena do Programa de Oncovirologia. É também Professor Associado IV do Departamento de Genética da Universidade Federal do Rio de Janeiro, e Chefe do Laboratório de Virologia Humana. Atualmente é Coordenador do Programa de PG em Oncologia do INCA (desde 2013), e já coordenou o Programa de PG em Genética da UFRJ por dois mandatos. Foi Consultor Técnico no Ministério de Saúde, da Organização Mundial da Saúde e do Industry Liason Forum da International AIDS Society. 

Palestra “História da Virologia”

01/02 às 14h30m

A virologia possui um enredo notável e os vírus, bem como as epidemias virais moldaram e moldam a história e a evolução de seus hospedeiros. Do século 19 até os dias atuais, os vírus e a história da virologia continuam encantando os amantes da ciência. 

Juliana Reis Cortines, DsC

bloggif_58769faa8e079Possui graduação em Ciências Biológicas - Modalidade Médica pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2000), mestrado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002) e doutorado em Química Biológica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006). Atualmente é professora adjunta do Instituto de Microbiologia na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de bioquímica, com ênfase em química de macromoléculas, atuando principalmente nos seguintes temas: espectrometria de massas, proteínas virais, transcrição e tradução in vitro, e técnicas espectroscópicas.

Palestra "Gastroenterites virais de importância clínica no Brasil"

02/02 às 9h

A palestra trouxe para os participantes o atual cenário epidemiológico das gastroenterites de etiologia viral no Brasil e qual a importância clínica dessas doenças.

Eduado de Mello Volotão, DsC

Possui bacharelado em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Ciências (Microbiologia) pela UFRJ. Atualmente é Pesquisador Adjunto da Fundação Oswaldo Cruz e coordenador da Câmara técnica dos Serviços de Referência do IOC. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, atuando principalmente nos seguintes temas: diarreia infantil, gastroenterite virais, diagnóstico, caracterização molecular e epidemiologia dos Rotavírus.

Palestra "Reemergência da Febre Amarela no Brasil"

02/02 às 10h30m

A palestra abordou aspectos gerais sobre a febre amarela no Brasil, como manutenção dos ciclos silvestre e urbano, transmissão, manifestações clínicas, vacinação e comentará sobre o recente surto na região sudeste do país.

Bárbara Cristina Eugênio Pereira Dias de Oliveira, DsC

Possui Graduação em Microbiologia e Imunologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestrado e doutorado em Ciências (Microbiologia) pela UFRJ. Atualmente é Tecnologista em Saúde Pública do Instituto Oswaldo Cruz, atuando na Coleção de Febre Amarela, sob a guarda do Laboratório de Patologia deste Instituto. Tem experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Virologia, atuando principalmente em temas relacionados a Coleções científicas, flaviviroses, em especial febre amarela e difusão da ciência.

Palestra “Vírus da Hepatite C: aquisição de resistência a novos antivirais”

02/02 às 13h

O surgimento de estirpes do vírus da hepatite C resistentes aos novos antivirais intriga a comunidade científica. O estudo de regiões hipervariáveis do vírus que são alvo para novas drogas para o tratamento da hepatite C esclarece alguns dos mecanismos envolvidos no processo. 

Luísa Hoffmann, DsC

luisa-hoffmann-compressPossui graduação em Farmácia Habilitação Farmacêutico Bioquímico pela Universidade da Região de Joinville (2004). Fez mestrado (2005-2008), doutorado (2008-2012) e pós-doutorado (2012-2016) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) na área de Biologia Molecular. Atualmente é professora do Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ). Tem experiência nas áreas de Farmácia e Biologia Molecular, atuando principalmente nos seguintes temas: polimorfismos, vírus da hepatite c, citocinas, hepatite crônica c, quantificação viral, filogenia, mutações de resistência, NS3 protease, sequenciamento de última geração (NGS), metagenômica.